• Clínica Médica

    fundo_MED_SITE


    – Conheça o eSocial

    e-socialO eSocial tem por objeto estabelecer a forma única com que passam a ser prestadas as informações trabalhistas, previdenciárias, tributárias e fiscais relativas à contratação e utilização de mão de obra onerosa, com ou sem vínculo empregatício e também de outras informações previdenciárias previstas na lei n° 8.212, de 24 de julho de 1991, e de rendimentos pagos por si sujeitos à retenção na fonte.

    Os objetivos do eSocial é:

    • Viabilizar a garantia de direitos previdenciários e trabalhistas aos trabalhadores brasileiros;
    • Simplificar o cumprimento de obrigações;
    • Aprimorar a qualidade de informações das relações de trabalho, previdenciárias e fiscais.

    Já a gestão do conteúdo será compartilhada entre os ministérios do Trabalho e Emprego (MTE) e da Previdência Social (MPS), a Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB), o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e a Caixa Econômica Federal (CAIXA) que também representa o Conselho Curador do FGTS. Saiba mais »


    – Nova regra do auxílio-doença

    Entrou em vigor dia 1º de março a nova regra do auxílio-doença.

    2015-02-24_19-51-35_1

    A alteração vai gerar mais despesas para os empregadores. O  prazo para que o afastamento do trabalho gere um auxílio-doença, pago pelo INSS, passou de 15 para 30 dias. Isso significa que afastamentos entre 15 e 30 dias, que antes eram pagos pelo INSS, agora serão de responsabilidade das empresas. O objetivo é estimular às empresas a investir em saúde e segurança no trabalho.

    Pela nova regra, o trabalhador só necessitará ser atendido pela perícia médica do INSS a partir do 31º dia. O cálculo do benefício não poderá exce­der a média das últimas 12 contribui­ções. Saiba mais »


    – Nova regra do seguro-desemprego

        A nova regra do seguro-desemprego começou a valer a partir de 1º de março.seguro-desemprego-agendamento

    Conforme as alterações promovidas na Lei nº 7.998/1990, o trabalhador terá direito ao seguro desemprego no caso de dispensa sem justa causa, inclusive a indireta, desde que comprove, além dos demais requisitos previstos no artigo 3º da referida Lei:

    – ter recebido salários de pessoa jurídica ou pessoa física a ela equiparada, relativos:

    a) por pelo menos 18 meses nos últimos 24 meses imediatamente anteriores à data da dispensa, quando da primeira solicitação;

    b) por pelo menos 12 meses nos últimos 16 meses imediatamente anteriores à data da dispensa, quando da segunda solicitação; e Saiba mais »


    – Razões para começar a fazer drenagem linfática

    Drenagem LinfaticaA drenagem linfática é uma técnica de massagem que tem por objetivo estimular o sistema linfático – uma rede complexa de vasos que movem fluidos pelo corpo – a trabalhar de forma mais acelerada. Entre os principais benefícios do método estão a redução da retenção de líquido, ativação da circulação sanguínea, combate à celulite e até o relaxamento corporal. Saiba mais »


    – Conheça os benefícios da massoterapia?

    MassoterapiaA massoterapia realiza a manipulação manual dos tecidos moles do corpo, além de movimentos nas articulações. Assim quando pensamos na massoterapia ou massagem em geral, logo pensamos em relaxamento. Mas os benefícios da massagem vão muito além de relaxamento. Ela pode ser usada como um complemento a tratamentos convencionais, pois atua na causa e não em sintomas de uma pessoa.

    Saiba mais »


    – Fisioterapia RPG “Reeducação Postural Global”

    Titulo2A Reeducação Postural Global – RPG é um método de fisioterapia que faz a correção da postura através de alongamentos globais que envolvem todas as cadeias musculares do corpo, e se utiliza também de exercícios ativos ministrados e aprendidos pelo paciente e ainda reforço na conscientização de percepção do alongamento e retração das cadeias musculares de forma global, constando de um método de educação e orientação das posturas. Saiba mais »


    – 10 razões para investir na ergonomia

    Imagem6A ergonomia – palavra originada do grego ergon (trabalho) e nomos (normas, regras) – de forma simplificada pode ser compreendida como sendo a disciplina orientada para uma abordagem sistêmica de todos os aspectos relacionados às atividades do ser humano. Hoje, muitas empresas realizando estudos ergonômicos e que atestam que o retorno sobre o investimento é garantido. De acordo com o pesquisador francês Henri Savall, vários são os benefícios que se manifestam quando uma empresa investe na ergonomia. Vamos citar alguns deles abaixo: Saiba mais »


    – Acidente no trânsito não é ‘de trabalho’ !

    TRF exclui acidente de trajeto do cálculo de fator previdenciário (FAP).acidente-de-carro

    O Tribunal Regional Federal (TRF) da 3ª Região (SP e MS) concedeu a pelo menos duas empresas o direito de excluir do cálculo do Fator Acidentário de Prevenção (FAP) acidente sofrido por funcionário no percurso do trabalho para casa. Com a retirada, os contribuintes conseguem reduzir o valor da contribuição aos Riscos Ambientais do Trabalho (RAT) – antigo Seguro Acidente de Trabalho (SAT).

    O FAP foi adotado pela Previdência Social para reduzir ou aumentar as alíquotas da contribuição ao RAT, com base nos índices de cada empresa. Como varia de 0,5 a dois pontos percentuais, pode reduzir à metade ou dobrar a alíquota do tributo (de 1% a 3%), que incide sobre a folha de salários. Saiba mais »


    – Você sabe o que é RAT e FAP ?

    RAT – Representa a contribuição da empresa, prevista no inciso II do artigo 22 da Lei 8212/91, e consiste em percentual que mede o risco da atividade econômica, com base no qual é cobrada a contribuição para financiar os benefícios previdenciários decorrentes do grau de incidência de incapacidade laborativa. A alíquota de contribuição para o RAT será de 1% se a atividade é de risco mínimo; 2% se de risco médio e de 3% se de risco grave, incidentes sobre o total da remuneração paga, devida ou creditada a qualquer título, no decorrer do mês, aos segurados empregados e trabalhadores avulsos.

    Saiba mais »


    – Auxílio-Acidente

    Auxilio-Acidente-o-que-e-quem-tem-direito-1O que é Auxílio-Acidente?

    Auxílio-acidente é o benefício a que têm direito os segurados(a) quando sofrem um acidente do qual resultam sequelas que reduzem permanentemente a capacidade de trabalho. É concedido aos que recebiam auxílio-doença previdenciário (sem relação com o seu trabalho) ou acidentário (resultante de um acidente de trabalho).

    O auxílio-acidente é concedido, após avaliação do perito médico do INSS, se for constatada sequela definitiva relacionada na legislação que reduza a capacidade para o trabalho que o segurado habitualmente exercia.

    Saiba mais »


    – Vale a Pena Investir na Segurança do Trabalho?

    A prevenção traz muitos benefícios10407022_891630367529586_5227287921951811399_n

    • Economia de até 70% no pagamento de suas contribuições ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS);
    • A empresa se organiza, aumentando a produtividade e a qualidade dos produtos;
    • Melhora as relações humanas no trabalho;
    • Desperta em seus funcionários o “espírito prevencionista;
    • Anda em conformidade com as Legislações;
    • Evita transtornos com os órgãos competentes na área de Segurança e Medicina do Trabalho;

    Saiba mais »